Notícia em destaque

Semana Fiscal Federal (19/11/2018 a 23/11/2018)

Conheça todos os modelos de documentos fiscais eletrônicos

Emitir notas fiscais eletrônicas faz parte da rotina das empresas brasileiras, seja de micro a grande porte. Prestar contas ao governo do que você vende é uma obrigação em nosso sistema tributário.

Além de serem utilizadas para fiscalização, as notas fiscais eletrônicas também oferecem vantagens aos empresários e aos consumidores, como registrar as suas operações, acompanhar a venda de produtos e serviços, e manter uma rotina organizada na empresa.
Saber diferenciar qual é o tipo de nota fiscal eletrônico você deve emitir em sua empresa é essencial. Neste post, você conhecerá todos os modelos de documentos fiscais eletrônicos existentes, e saberá exatamente qual é o documento que empresa deve emitir. Veja a seguir.

NF-e

Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é o modelo utilizado exclusivamente para a compra e venda de produtos físicos.
A NF-e objetiva substituir de vez a sistemática atual de emissão do documento fiscal em papel, simplificando as obrigações acessórias dos contribuintes e permitindo, ao mesmo tempo, o acompanhamento em tempo real das operações comerciais pelo Fisco.

NFC-e

A NFC-e, a Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica, é um documento eletrônico, que faz parte do SPED, que substituirá as Notas Fiscais de Venda a Consumidor, modelo 2 e uso do Equipamento Emissor de Cupom Fiscal (ECF). Ela objetiva facilitar a fiscalização e o controle das vendas de varejistas para consumidores de forma totalmente eletrônica.

NFS-e

A NFS-e é a sigla para Nota Fiscal de Serviço Eletrônica. Essa nota deve ser emitida quando a empresa prestar algum tipo de serviço.

CT-e

O CTe é a sigla para Conhecimento de Transporte Eletrônico, que nada mais é que um documento fiscal eletrônico que tem como objetivo de documentar, para fins fiscais, uma prestação de serviço de transporte de cargas realizada por qualquer modalidade (Rodoviário, Aéreo, Ferroviário, Aquaviário e Dutoviário).

MDF-e

MDF-e é a sigla para Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais. Emitido e armazenado eletronicamente, foi criado para simplificar e vincular os documentos fiscais transportados na unidade de carga utilizada.
O MDF-e serve para otimizar o tempo da fiscalização nas estradas e agilizar os processos da emissão da nota, reunindo todas as NF-es e CT-es em um só documento.

Como emitir documentos fiscais eletrônicos?

Para emitir os documentos fiscais eletrônicos é necessário:
  • Certificado digital padrão ICP Brasil;
  • Fazer credenciamento de emitente no portal da SEFAZ do seu estado;
  • Para emitir as notas fiscais eletrônicas é necessário adquirir um software emissor de notas.
E aí, ficou alguma dúvida sobre cada tipo de documento fiscal eletrônico? Deixe-nos um comentário.
Se você está procurando um software emissor de notas fiscais eletrônicas, a Sibrax possui o mais completo do mercado, emite as notas eletrônicas NF-e, NFC-e, NFS-e, MDF-e, CT-e, CT-e OS.
É fácil de operar, de baixo custo e contém vários módulos de controle para facilitar a gestão da sua empresa.
SIBRAX

Curso de Contabilidade Tributária
VALOR: R$ 99,90 10 VÍDEOAULAS. FORMA DE PAGAMENTO 

Comentários

Site desenvolvido e mantido por:

Clique aqui e crie seu Site ou Loja Vitual sem compromisso :: comercial@vendavirtual.site / WhatsApp (85)9.9630.6190 :: www.vendavirtual.site :: 08.174.771/0001-07