Notícia em destaque

Estamos participando do 1º ContaAzul [ CON ]

O MercadoContábil.com está presente no
1º Conta Azul [ CON ]
Veja a programação do primeiro dia.

Não sabe o que é Payback, breakeven, VPL e TIR?

Entender alguns conceitos de economia certamente vai fazer com que você tenha mais sucesso na hora de planejar as finanças da sua empresa. Saber o que é payback e entender como funcionam os conceitos de breakeven, VPL e TIR, por exemplo, são fundamentais para o sucesso de um negócio.


Nem sempre os termos econômicos precisam ser uma coisa complicada. Quando você entende o conceito por trás de cada uma das ideias fica mais fácil não apenas utilizá-los como também tirar proveito deles. Você não precisa ser um especialista no assunto para dominar o básico e alcançar o sucesso.

O que é payback?

Payback significa retorno. Ele pode ser considerado um método de engenharia econômica e, por meio dele, podemos analisar se um investimento é viável ou não em termos de tempo (meses ou anos, geralmente). Para se obter essa resposta, primeiramente é preciso definir o tempo necessário (ou esperado) para a recuperação de um investimento inicial. Isso pode demorar semanas, meses ou anos.

Payback = Investimento Inicial / Ganho do Período

Esse valor é obtido a partir da soma dos fluxos de caixa obtidos período a período (ou por meio da projeção) até que esse valor somado seja igual ou superior ao valor do investimento inicial. Essa é a forma simples e direta de se fazer esse cálculo, mas há também o chamado payback descontado. Nesse caso, é preciso usar uma taxa de desconto antes da soma dos fluxos. Essa taxa é conhecida pela sigla TMA (Taxa Mínima de Atratividade).

Em resumo, trata-se de um cálculo fundamental a ser feito antes de qualquer investimento, com o objetivo de minimizar as chances de que surpresas desagradáveis coloquem a sua empresa em situação financeira de emergência. A partir do tempo estimado para recuperação do capital investido, você pode ainda determinar qual será o capital de giro necessário para manter a empresa em funcionamento.

É importante ressaltar ainda que o payback é diferente do ROI, que também é muito utilizado para calcular retorno sobre o investimento. Embora ambos sejam faces da mesma moeda, expressam resultados de investimento de forma diferente. O Payback, como salientamos, é uma medida de tempo, enquanto o ROI traz como resultado a porcentagem do investimento feito.

O que é breakeven?

O termo breakeven é também conhecido como ponto de equilíbrio. Aqui, falamos do valor mínimo que uma empresa precisa faturar a fim de cobrir todos os seus custos e despesas, de forma que o resultado não seja maior e nem menor do que zero. Vamos a um exemplo para que você possa compreender melhor.

Breakeven = Custos Fixos / (1 – Custos Variáveis / Vendas )

Vamos supor que a sua empresa fature no final do mês R$ 100 mil. Porém, a soma das suas despesas e dos seus custos de produção ao final do mesmo período é de R$ 105 mil. Isso significa que foram gastos R$ 5 mil a mais do que você ganhou e, portanto, a empresa está operando no vermelho. Para que o ponto de equilíbrio fosse atingido, seria necessário ter ganho ao menos R$ 100 mil.

O que é VPL?

VPL é uma sigla para Valor Presente Líquido, outro método de engenharia econômica bastante conhecido. Seu principal diferencial é o de trazer todos os fluxos de caixa do investimento para a data zero. Dessa forma, eles são somados ao investimento inicial e a TMA da empresa é descontada.

Esse método é um dos mais recomendados pelos especialistas, pelo fato de levar em conta o custo do capital da empresa e de poder ser aplicado a praticamente qualquer fluxo de caixa. No entanto, esse cálculo não é para ser feito por qualquer um, uma vez que exige o conhecimento de diversos parâmetros.

Porém, em se tratando de análise de viabilidade econômica, é bem provável que ele seja uma das alternativas mais interessantes para o seu negócio. Por isso, não deixe de contar com um profissional experiente para elaborar esses cálculos para você.

O que é TIR?

Por fim, temos ainda a sigla TIR que significa Taxa Interna de Retorno. Aqui, leva-se em consideração o valor do dinheiro no tempo, zerando o valor presente líquido nos fluxos de caixa. A ideia é que todas as entradas e saídas sejam igualadas. Sua principal vantagem, segundo os especialistas, é o caráter relativo que tem, ou seja, os resultados são expressos em percentual e é mais fácil fazer comparações entre investimentos usando essa metodologia.

Porém, há ressalvas: como não há uma fórmula algébrica de cálculo, seus resultados podem ser encontrados somente por meio de processos de “tentativa e erro”, ou seja, pode ser muito trabalhoso fazer isso manualmente. A recomendação é a de que você utilize softwares específicos. Além disso, em um cálculo de TIR pode haver múltiplas taxas de retorno ou mesmo pode não haver solução.

Qual método é melhor? Cada caso é um caso

Não há um método que possa ser apontado como melhor do que outro, pois cada caso precisa ser analisado individualmente. Um bom profissional certamente vai considerar os cálculos possíveis em cada uma das modalidades antes de apontar qual deles mais se adequa para os seus propósitos na loja virtual.

Contudo, mesmo que não seja você a pessoa que vai executar os cálculos, é importante saber que existe mais de um método e que cada um deles apresenta resultados diferentes. Na hora de analisar a viabilidade de um investimentos, vale a pena considerar todas as possibilidades antes de decidir “sim” ou “não” baseado no primeiro cálculo apresentado.


Comentários

Site desenvolvido e mantido por:

Clique aqui e crie seu Site ou Loja Vitual sem compromisso :: comercial@vendavirtual.site / WhatsApp (85)9.9630.6190 :: www.vendavirtual.site :: 08.174.771/0001-07