Notícia em destaque

Câmara aprova reoneração com zeramento do PIS-Cofins para diesel

A Câmara dos Deputados aprovou no final da noite desta quarta-feira projeto que reduz neste ano a desoneração da folha de pagamento para 28 setores da economia. Os outros 28 grupos continuam com o benefício até o fim de 2020, quando a política se encerra. A proposta aprovada também prevê zerar, até o final deste ano, a PIS-Cofins que incide sobre o óleo diesel. A medida foi incluída no texto como um aceno aos caminhoneiros, que paralisaram as atividades em todo o País em protesto contra a alta no preço dos combustíveis.

Como a Identificação por Radiofrequência (RFID) pode auxiliar o setor de distribuição

É cada vez maior o número de empresas que adotam os sistemas de identificação por Radiofrequência (RFID) como forma de organização e controle dos setores de distribuição. As vantagens de escolher esse processo são muitas e elas podem representar desde a economia de tempo até a redução dos custos operacionais. Entender como o RFID pode auxiliar na distribuição pode ser um aspecto significativo para que a sua empresa obtenha melhores resultados no próximo período.


Para quem não está muito familiarizado com o tema, vamos explicar em detalhes. As etiquetas RFID nada mais são do que tags colocadas nos produtos. Essas etiquetas eletrônicas podem ser personalizadas com uma série de informações. Nos ambientes, antenas de Radiofrequência monitoram as movimentações dos produtos (e consequentemente das tags) identificando de forma automática o posicionamento do estoque.

Porém, a gestão do inventário de forma agilizada não é o único dos benefícios trazidos por essa tecnologia. Abaixo, listamos algumas contrapartidas positivas que a sua empresa pode obter caso adote esses sistemas e os integre aos demais sistemas de gestão.

Redução de manuseio de produtos

Em algumas indústrias, transportar um lote de produtos de um armazém para outro pode significar uma grande mão de obra. Isso porque o processo de identificação das mercadorias precisa ser feito individualmente, lote a lote. Em muitos casos, há linhas de check-in inteiras à disposição dos funcionários para dar conta do registro das movimentações de produtos.

Quando os itens estão identificados por etiquetas RFID, você dispensa a necessidade de que muitos funcionários precisem se dedicar ao manuseio e ao registro das peças. A ideia é simples e funcional e, no futuro, pode ser aplicada até mesmo aos supermercados e às lojas de departamento, facilitando o registro de entrada e saída de produtos de um determinado ambiente.

Redução de mão de obra operacional

Como consequência do registro automático de entrada e saída de produtos, a mão de obra operacional também pode ser reduzida de forma significativa. Você não vai precisar mais, por exemplo, ter funcionários dedicados apenas à conferência das etiquetas em movimentações internas ou externas.

Esses colaboradores podem ser realocados em outras áreas mais produtivas ou, ainda, em certos casos, pode haver a redução do número de funcionários necessários. De qualquer forma, ambas as soluções vão impactar positivamente na sua folha de pagamento e, por conta disso, é válido fazer uma análise dessa possibilidade de investimento.

Gestão de inventário em tempo real

Outro grande benefício da adoção do RFID é a gestão do inventário. Como as movimentações são registradas de forma automática, em tempo real você pode verificar o status da quantidade de matéria-prima ou de um produto específico em um determinado armazém.

Se os sistemas de RFID forem integrados a outros departamentos da empresa, você pode configurar alertas de escassez ou necessidade de reposição de certos itens com antecedência. Isso evita que você tenha estoques muito grandes e dispendiosos, permitindo a adoção de um modelo quase sob demanda nas compras. Produtos com datas próximas ao vencimento também podem ter os seus alertas, ganhando prioridade na comercialização ou no consumo.

Aumento na segurança

Como nenhum item entra ou sai do seu armazém sem ser devidamente informado ao sistema RFID, essa característica aumenta de forma significativa a segurança dos seus estoques. É claro, essa medida não dispensa outros aspectos de segurança que você já tenha em seu estabelecimento, como rondas, câmeras e alarmes.

Entretanto, trata-se de uma camada de segurança extra que colabora para que pessoas mal-intencionadas pensem duas vezes antes de tentar cometer furtos ou roubos. Ainda assim, caso algo de errado aconteça, pelo sistema RFID fica mais fácil rastrear quando e onde o fato ocorreu.

Custos de implantação em declínio

Não vamos negar. A adoção dos sistemas RFID ainda é mais onerosa, em linhas gerais, do que a adoção dos sistemas baseados em códigos de barras, por exemplo. Porém, na hora da análise é preciso ir além do investimento bruto e calcular se haverá ou não redução das despesas em médio e longo prazo.

O estudo do ambiente em questão, nesse caso, se torna fundamental, uma vez que há antenas com alcances variados, que vão de metros a centímetros, e cada uma delas tem um custo diferenciado. Um bom projeto pode ajudar você a prever quanto tempo será necessário até o seu investimento dê retorno.

Como aspecto positivo, é importante ressaltar que ano após ano os custos da implantação desse tipo de sistema vêm diminuindo. Se você já pesquisou isso há algum tempo e encontrou preços altos, é provável que encontre hoje opções mais acessíveis.

Comentários

  

Site desenvolvido e mantido por:

Clique aqui e crie seu Site ou Loja Vitual sem compromisso :: comercial@vendavirtual.site / WhatsApp (85)9.9630.6190 :: www.vendavirtual.site :: 08.174.771/0001-07