Notícia em destaque

Câmara aprova reoneração com zeramento do PIS-Cofins para diesel

A Câmara dos Deputados aprovou no final da noite desta quarta-feira projeto que reduz neste ano a desoneração da folha de pagamento para 28 setores da economia. Os outros 28 grupos continuam com o benefício até o fim de 2020, quando a política se encerra. A proposta aprovada também prevê zerar, até o final deste ano, a PIS-Cofins que incide sobre o óleo diesel. A medida foi incluída no texto como um aceno aos caminhoneiros, que paralisaram as atividades em todo o País em protesto contra a alta no preço dos combustíveis.

5 dicas para uma Gestão de Condomínio mais eficiente


Administrar um condomínio exige muitos cuidados, por isso é preciso ter as mesmas competências e dedicação de um gestor de empresas, prezando sempre pela ética e transparência.

É extremamente importante que as informações e o planejamento do condomínio sejam transparentes para qualquer pessoa que consulte, principalmente aos condôminos.
Confira, a seguir, cinco dicas para uma gestão de condomínio mais eficiente!

Organize as informações

O responsável pela ordem do condomínio – normalmente o síndico – deve manter todas as informações organizadas para uma gestão eficiente do empreendimento.
Informações financeiras, dados dos colaboradores, notas fiscais, entre outras, devem estar sempre em mãos para que assim seja fácil de resolver qualquer situação que aconteça.

Comunique-se

Estabeleça um meio prático de se comunicar com os condôminos, para enviar  informações importantes, como datas da assembleia, avisos, cobrança, entre outras.
Procure se comunicar de um jeito fácil e que as informações sejam passadas rapidamente aos moradores, como por exemplo, por meio de um sistema administrador de condomínio pode facilitar muito o repasse dessas informações.

Faça um controle e planejamento financeiro

Todas as dívidas do condomínio e compras executadas devem ser anotadas em uma planilha para garantir o controle financeiro. Assim, pode-se fazer um provisionamento de gastos para conseguir negociar melhores preços em produtos ou serviços, e manter um controle dos valores devidos.
O síndico deve entender que ele será responsável por fazer a prestação de contas ao final de cada mês. E, caso os dados não sejam justificados com clareza, os moradores poderão fazer questionamentos e exigir a apresentação das notas fiscais.

Organize sua gestão

Ser organizado te ajudará a regularizar qualquer tipo de situação, principalmente financeira, que venha a acontecer no condomínio. Alguns itens merecem cuidado redobrado, como:
  • Dados e salários dos colaboradores;
  • Contas de água e luz;
  • Dados de Fornecedores, principalmente notas fiscais;
  • Taxas e impostos.
Outros itens devem ser registradas para melhorar ainda mais a sua gestão, como:
  • Deixar sempre por escrito, em atas, todas as decisões tomadas nas assembleias;
  • Estar regularizado com os órgãos públicos;
  • Treinar os colaboradores em suas funções.

Utilize a tecnologia para fazer a gestão do condomínio

Para estar com os dados sempre atualizados, evitar de esquecer os prazos de pagamentos e gerir melhor todas as informações do empreendimento, o síndico ou administrador do condomínio pode utilizar a tecnologia como uma aliada.
Atualmente, existem sistemas que auxiliam na gestão, prestação de contas e todas as informações do condomínio, desde as mais simples até as mais complexas.
Com toda essa facilidade, não é preciso verificar manualmente cada informação, garantindo a segurança e o bem-estar de todos os moradores.
Como podemos perceber através desse artigo, administrar um condomínio não é uma tarefa nada fácil e exige muitos cuidados e organização.

Comentários

  

Site desenvolvido e mantido por:

Clique aqui e crie seu Site ou Loja Vitual sem compromisso :: comercial@vendavirtual.site / WhatsApp (85)9.9630.6190 :: www.vendavirtual.site :: 08.174.771/0001-07