Notícia em destaque

Novos Sistemas Redesim diminuem o tempo de abertura das empresas

Brasília -  Já está disponível, no portal da Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim), uma consulta à base  do Cadastro Nacional  de Pessoa Jurídica (CNPJ)  que pode ser feita por nome empresarial, nome fantasia, UF e situação cadastral.

PROFISSÃO CONTÁBIL: SEO para escritórios contábeis

Quando você tem dúvidas sobre um serviço, em qual lugar busca por informações? Se respondeu “internet”, por que seria diferente para as pessoas que procuram por um contador? Então, aplicando essa lógica a sua área, é essencial entender a importância de aparecer no Google e do SEO para escritórios contábeis.


No artigo de hoje nós vamos explicar:
  • O que é SEO
  • As melhores estratégias de SEO para escritórios de contabilidade
  • Os fatores que influenciam o SEO do seu site
  • Como evitar os erros mais comuns de SEO.

O que é SEO?

SEO é a sigla para a expressão em inglês Search Engine Optimization, que em português significa otimização para motores de busca. Consiste em técnicas que vão da programação ao conteúdo de uma página na internet para que ela apareça com destaque entre os resultados sugeridos por sites como o Google, que responde por mais de 90% das buscas online no Brasil.
Os critérios que fazem o principal mecanismo de busca atual privilegiar uma página em detrimento de outra não são totalmente conhecidos, pois os algoritmos exatos utilizados pelo Google nessa classificação nunca são revelados – e são constantemente atualizados.
Isso quer dizer que as estratégias de SEO são construídas com base na tentativa e erro. Mas não significa que o site que se propõe a enfrentar esse desafio navegue no escuro.
Considerando apenas o conteúdo, é possível afirmar que, para ser bem ranqueado, o texto deve responder com eficácia à busca no Google. O post deve ser a resposta para o que o usuário procura. Normalmente, as melhores respostas se situam nas posições de cima. E vale destacar que poucos leitores saem da primeira página de resultados da ferramenta.
Assim, quem deseja ser encontrado precisa desenvolver seu texto em torno de uma palavra-chave, que corresponde à expressão que o internauta digitará no campo de busca. O próprio Google oferece uma ferramenta gratuita, também usada para escolha de palavras-chave em anúncios de texto, com pistas dos termos mais buscados, o Keyword Planner.
Feita essa introdução, o que o seu escritório de contabilidade precisa saber até aqui é o seguinte:
  • Caso não possua um site, pode construí-lo levando em consideração as melhores práticas de SEO atualmente conhecidas. Para isso, o ideal é contar com soluções mais prontas, com base em sistemas abertos, como o WordPress.
  • Caso já tenha um site, é importante contar com um blog, para facilitar a criação de novos conteúdos, que ajudarão a posicionar o site e a sua marca em posições mais elevadas no Google.

Estratégias de SEO para escritórios contábeis

Antes de falarmos das estratégias e ferramentas de SEO para escritórios contábeis, é válido esclarecer que este artigo trata da busca por uma boa posição orgânica para a sua página.
Na prática, se for bem-sucedido, você aparecerá bem classificado sem precisar pagar para ser o primeiro resultado sugerido, o que é possível através de anúncios via Google AdWords.
Conheça quatro ações que são indispensáveis em uma estratégia vencedora de SEO:

1. SEO On Page (a programação do site)

A sua página na internet deve ser construída de forma a dizer ao Google o que há de mais importante a observar nela. Obviamente, quem entende da programação não é você, mas um profissional que estudou para isso. Ainda assim, é preciso saber que há técnicas específicas de SEO que irão facilitar o trabalho do buscador enquanto ele rastreia sites.
Um dos fatores essenciais é o design responsivo da página, ou seja, ela precisa se adaptar para leitura em computadores e também em dispositivos móveis, lembrando que, desde 2014, a maioria dos brasileiros acessa a internet por smartphones, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Na linguagem HTML também há algumas marcações que  podem indicar para usuários e buscadores, quais elementos na página são mais importante e até se há uma hierarquia como eles, como os Headings H1, H2, até H6.
Caso escolha a estrutura de um blog, há ferramentas prontas que são pensadas e atualizadas para atender aos parâmetros de leitura do Google e por consequência subir nas pesquisas, como o WordPress.

2. Conteúdo relevante

Criar conteúdo próprio, atualizado, de relevância e que ofereça uma experiência útil para o usuário. Essa deve ser a sua meta em artigos publicados na página ou blog do escritório de contabilidade, pois é disso que o Google gosta.
Há consensos sobre tamanhos de títulos e a presença de subtítulos e de marcadores, por exemplo, e vale ler mais materiais para estar por dentro das diretrizes recomendadas. Mas se você focar em um texto que respeite a língua portuguesa e, principalmente, que resolva o problema do leitor que nele chegou, terá avançado a passos largos.
Como falamos anteriormente, você precisa definir uma palavra-chave, expressão ou tema sobre o qual desenvolverá o conteúdo. Para essa definição, uma solução gratuita oferecida pelo Google é aquela que mencionamos anteriormente, o Keyword Planner. Com ele, você vai poder identificar o que o seu público-alvo está buscando. De nada adianta criar bons textos sobre assuntos que não são buscados.
Uma dica para esse início é tentar usar palavras-chave mais longas, que restringem a concorrência e aumentam suas chances de um bom ranqueamento. Vamos a um exemplo:
  • A palavra-chave “balanço patrimonial” tem um número alto de buscas, mas muitos concorrentes
  • A concorrência será menor ao incluir um novo atributo nas buscas: “balanço patrimonial em pequenas empresas”
  • E pode ficar mais restrita ainda ampliando para: “como fazer balanço patrimonial em pequena empresa”.
Se você tem um artigo de conteúdo relevante, com essa palavra-chave no título, é muito provável que acabe bem classificado no Google ao longo do tempo, especialmente para pesquisas na sua região, pois o buscador identifica a localização do usuário para aprimorar os resultados, exceto quando utiliza janela anônima.

3. Links para o seu site

Um site adquire relevância aos olhos do Google na medida em que outras páginas incluem links para o seu conteúdo – são os chamados backlinks. Funciona como se elas apontassem para um artigo em seu blog dizendo ao leitor que ele deve ser lido, o que concede credibilidade e autoridade à página.
No início, não é exatamente fácil conseguir tal referência. Uma alternativa vem dos chamadosguest posts, quando você escreve um artigo como autor convidado em outro blog. Vale identificar potenciais parceiros que possam ter interesse no seu conteúdo relevante e exclusivo.
Mas há outras opções interessantes, como receber um link na página de um ou de mais clientes que conhecem o seu trabalho e confiam nele.
Outro auxílio gratuito vem do Google My Business. A ferramenta permite identificar empresas em área especial da tela, com mapa de localização e informações gerais, como endereço e telefone, além de comentários e avaliações.
Se o seu escritório está instalado na capital mineira, por exemplo, uma pesquisa por “Contabilidade em Belo Horizonte” indicará você e seu site. Já se a busca for específica pelo nome do escritório, o mapa e os demais dados aparecem em destaque na primeira página do Google e também se a pesquisa ocorrer no Google Maps.

4. Redes sociais

Uma boa estratégia de SEO se completa com o uso das redes sociais. Um perfil do escritório no Facebook é um bom começo, até para divulgar os links de artigos do seu blog, permitindo que outros usuários possam curtir e compartilhar o conteúdo. Tudo isso é relevante para o melhor posicionamento da página.
Dentro dessa mesma perspectiva, não descarte ainda o uso de outras redes sociais, como o LinkedIn, onde pode também divulgar conteúdo e até mesmo o Instagram, que é voltado a imagens. Em todas elas, tenha a preocupação permanente com a relevância e a utilidade do que está sendo publicado para o usuário.

Erros que comprometem o seu trabalho

Muito cuidado ao colocar em prática a sua estratégia de SEO. Ainda que tenha a melhor das intenções, pode não ser visto dessa forma. Acredite: mais fácil do que subir no posicionamento é despencar, pois várias ações acabam sendo alvo de punições do Google.
O melhor exemplo está ao visitar páginas bem classificadas para se espelhar nelas. Até aí, tudo bem, mas lembre-se de que o conteúdo precisa ser original. A cópia não deve fazer parte do seu repertório de SEO. Ninguém curte plágio – muito menos o Google.
Na programação, o buscador identifica com facilidade quando elementos são posicionados apenas para enganar seus robôs de rastreamento. A diferença entre técnica e fraude por vezes é singela.
Outro cuidado importante é com a troca de links entre sites, mesmo em um guest post que não cumpriu exatamente o seu propósito. Ter um link no site de um terceiro é ótimo, mas não vale trocar links apenas para subir posições no buscador. O que funciona é compartilhar conteúdos relevantes.

SEO exige dedicação

Obter resultados com SEO leva tempo e exige dedicação. Portanto, não espere retorno rápido.
Mas fique tranquilo: produzindo conteúdo de qualidade e não cedendo a práticas maliciosas, o Google dará o devido crédito ao seu novo site.
E se faltar tempo ou segurança quanto à própria capacidade de criar bons artigos, há empresas especializadas em marketing de conteúdo que podem realizar essa e as demais etapas de SEO para você.

Informativo gratuito: 
E então, essas dicas o ajudaram? Clique aqui e assine grátis nosso informativo e acompanhe as nossas publicações em primeira mão!
Conta Azul
Parceiros apoiadores:
 
Eventos Apoiadores 
  
Lista completa de eventos. Clique aqui

Comentários

Site desenvolvido e mantido por:

Clique aqui e crie seu Site ou Loja Vitual sem compromisso :: comercial@vendavirtual.site / WhatsApp (85)9.9630.6190 :: www.vendavirtual.site :: 08.174.771/0001-07